Verdadeiramente ele é o Emanuel

jesus

Depois de crer em Deus de tantas maneiras, o povo esperava a maior manifestação do Senhor na promessa de Deus estaria com eles em carne um dia através da pessoa do Messias, ou o Emanuel.

José, seu marido, sendo justo e não querendo difamá-la, resolveu deixá-la secretamente. Projetando ele isto, em sonho lhe apareceu um anjo do Senhor, dizendo:

José, filho de Davi, não temas receber a Maria tua mulher, porque o que nela foi gerado é do Espírito Santo.

Ela dará à luz um filho e lhe porás o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo dos pecados deles.

Tudo isto aconteceu para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor, pelo profeta:

A virgem conceberá e dará à luz um filho, e o chamarão pelo nome de Emanuel, que quer dizer: Deus conosco. – Mateus 1:19 a 23

Neste trecho da história do nascimento do Senhor Jesus, nós temos uma referência a uma estranha profecia do Antigo Testamento, em Isaías capítulo 7, versículo 14:

Portanto o mesmo Senhor vos dará um sinal:

A virgem conceberá, e dará à luz um filho, e será o seu nome Emanuel.

Vejamos alguns aspectos para nosso estudo:

JESUS: O FILHO DE DEUS E EMANUEL

Emanuel

Sabemos que o Messias foi chamado de Jesus, o Cristo (Ungido). Ele mesmo se chamou do “Filho do Homem” (ex. Mateus 8:20, 25:31) numa clara referência à profecia de Daniel (Daniel 7:13). Porque, então, esta profecia disse que Ele será chamado de Emanuel, Deus conosco?

A Bíblia deixa claro que o Senhor Jesus é, de fato, Deus. Uma outra profecia de Isaías mostra que o menino que nasceu, o Filho que foi dado ao mundo, é o Pai Eterno, o Deus Todo-Poderoso:

Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; o principado está sobre os seus ombros, e o seu nome será: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz.Isaías 9:6

Veja o artigo: “Um novo nascimento”

O próprio Senhor Jesus afirmou que Ele é o Pai:

Disse-lhe Filipe: Senhor, mostra-nos o Pai, e isso nos basta.

Respondeu-lhe Jesus: Há tanto tempo estou convosco e não me conheces, Filipe? Quem me vê, vê o Pai. Como dizes tu: Mostra-nos o Pai?

Não crês tu que eu estou no Pai, e que o Pai está em mim? As palavras que eu vos digo, não as digo por mim mesmo. Antes, é o Pai que está em mim quem faz as obras.

Crede-me quando digo que estou no Pai, e o Pai está em mim; pelo menos crede por causa das mesmas obras. – João 14:8-11

E se chamou pelo nome “Eu Sou”, o nome pelo qual Deus se revelou ao Moisés (Êxodo 3:14):

JESUS: O DEUS CONOSCO

Deus conosco

Os Judeus entenderam o significado das Suas palavras, que Ele estava se chamando de Deus, e por isso tentaram apedrejá-lo! A mesma coisa aconteceu uma segunda vez, como nós vemos em João capítulo 10:

Meu Pai, que as deu a mim, é maior do que todos; ninguém pode arrebatá-las da mão dele. Eu e o Pai somos um.

De novo os judeus pegaram em pedras para apedrejá-lo, mas Jesus lhes disse: Tenho-vos mostrado muitos grandes milagres procedentes de meu Pai. Por qual deles me apedrejais?

Responderam os judeus: Não te apedrejamos por nenhum milagre, mas pela blasfêmia, porque tu, mero homem, te fazes Deus a ti mesmo. João 10:29 a 33

Veja o artigo: “O Reino de Deus está dentro de vós”

Então, podemos ver claramente na luz da Bíblia, que o Senhor Jesus realmente é Emanuel, Deus conosco. Esta mensagem foi a base da Sua pregação, o fato que o Reino de Deus chegou aos homens, na pessoa do Seu Rei, Jesus:

Desde então começou Jesus a pregar: Arrependei-vos, pois está próximo o reino dos céus. – Mateus 4:17

Percorria Jesus toda a Galiléia, ensinando nas suas sinagogas, pregando o evangelho do reino e curando todos os tipos de doenças e enfermidades entre o povo. – Mateus 4:23

Quando nós pensamos no “Emanuel” – o fato que Deus está conosco na Pessoa do Senhor Jesus – é fácil pensar somente no passado – na Sua primeira vinda – ou no futuro, a Sua segunda vinda, a Sua volta a este mundo.

Porém o próprio Senhor Jesus prometeu que Ele não iria nós abandonar, mas que estará conosco para sempre na Pessoa do Seu Espírito, o Espírito Santo:

CONCLUSÃO

Precisamos lembrar que ainda Deus está conosco, que o Espírito Santo de Deus está conosco, e que Seu Reino ainda se faz presente neste mundo.

Não vemos ainda o que teremos quando o Rei voltar, porém podemos, sim, provar “os poderes do mundo vindouro” (Hebreus 6:5) e experimentar a gloriosa realidade de “Emanuel” – Deus Conosco – aqui nesta vida.

Pense nisso e siga em frente

Se você gostou deste artigo, curta ou compartilhe no facebook, clique aqui embaixo e deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário...

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.