Tribulações internas na Igreja

Quero compartilhar com vocês um assunto muito importante para nossa jornada cristã, que são as tribulações internas dentro da Igreja. E o que significa isso?

Os jovens clamam por justiça em vários aspectos da vida congregacional, precisando de uma resposta concreta para suas dores.

Uns clamam por justiça porque seu pastor não dá liberdade na hora do louvor congregacional, outros estão magoados com o líder de ministério por causa da sua dureza ou falta de caráter, outros clamam por santidade e compromisso com Deus.

Vejamos então quais são esses conflitos internos que nos levam vivenciar momentos de desespero:

AS ADVERSIDADES PRECISAM SER LEVADOS A SÉRIO

Tribulações

Veja o que diz a Palavra de Deus em Tiago 1.1-4:

 Meus irmãos, tende por motivo de toda alegria o passardes por várias provações, sabendo que a provação da vossa fé, uma vez confirmada, produz perseverança. Ora, a perseverança deve ter ação completa, para que sejais perfeitos e íntegros, em nada deficientes”.

 Então, as provações produzem crescimento espiritual, para que no tempo certo, sejamos perfeitos e íntegros sem deficiência.

As Adversidade significam contratempo, obstáculo, dificuldade. É um imprevisto, um aborrecimento, uma contrariedade, um impedimento. Sendo assim, Deus é o nosso refúgio e fortaleza, provedor de toda sorte de benção.

QUAIS SÃO AS TRIBULAÇÕES EXISTENTES NA IGREJA?

Conflitos

  • Aqui em minha igreja ninguém quer compromisso com Deus: É uma tendência das pessoas, comentarem primeiro as coisas negativas dos outros.
  • Ninguém ora, lê a Bíblia ou participa assiduamente das reuniões: As pessoas clamam por sede de Deus, de oração e participação nos compromissos da Igreja.
  • O louvor não está fluindo, o baterista está saindo da igreja, o grupo de louvor está um caos!!!: Nível de quase desespero por parte de quem está na frente do trabalho.
  • Minha igreja não investe em equipamento e não valoriza os membros do ministério: Já há um sintoma de raiva com pavor e isso pode ser perigoso!
  • Em nosso grupo de louvor não há respeito, não há liderança. O meu talento e o meu chamado estão sendo prejudicados… acho que estou perdendo meu ministério: Geralmente quando a distribuição das tarefas, não estão de acordo com o talento do jovem.
  • Pessoas sem talento algum estão fazendo parte da equipe. Não suporto mais a falsidade e as perseguições que ando sofrendo.

 O QUE PODEMOS FAZER DIANTE DE TODA ESSA SITUAÇÃO?

Conversar

O que eu posso aprender com as coisas que eu ainda não entendo? O que eu posso aprender com o tradicionalismo do meu pastor? O que eu posso aprender com a desorganização do grupo de louvor?

O que eu posso aprender com a falta de compromisso de meus companheiros? O que posso aprender com as perseguições que ando sofrendo? ”. Veja bem o que diz a Bíblia:

“E não somente isto, mas também nos gloriamos nas próprias tribulações, sabendo que a tribulação produz perseverança; e a perseverança, experiência; e a experiência, esperança”. Romanos 5.3-4

 É interessante como a Bíblia nos leva a enxergar as lutas e provações de um outro ângulo. As Escrituras não nos levam a considerar as dificuldades um mal, mas um caminho para o crescimento espiritual, para níveis mais profundos na adoração.

A murmuração e o desânimo acabam quando enxergamos as lutas como a Bíblia enxerga, tanto tentações malignas.

Veja o artigo: “O crente pode frequentar festas seculares?”

Como provações de Deus, as tribulações produzem perseverança. Desta forma, os adoradores entenderão que ao invés de clamarem por justiça, bradarão: “Senhor, dá-me forças porque quero ser provado! Quero ser experimentado! Quero crescer! Quero me tornar mais maduro! ”.

E as orações ignorantes cessarão: “Senhor, castiga o fariseu do meu pastor… revela a igreja que eu estou certo, que meu líder está errado, envergonha ele meu Deus, não tenhas misericórdia, por tu és o Deus da justiça”!

DICA DE COMO VENCER ESSA SITUAÇÃO

Esperança

 Veja o que diz a Palavre de Deus em Atos dos Apóstolos 14.20:

 ”fortalecendo a alma dos discípulos, exortando-os a permanecer firmes na fé; e mostrando que, através de muitas tribulações, nos importa entrar no reino de Deus”.

 Há um lado bom nisso tudo. É isto que a Bíblia quer te mostrar! Quando você passar por isso você estará mais maduro na fé, estará mais experimentado, crescido espiritualmente, e será um adorador num nível cada vez mais profundo.

Tudo isso fortalece nossa fé, e faz nos alegrarmos nas tribulações, e quando nós nos encontramos em situações delicadas, situações desesperadoras, arriscadas, amedrontadoras, algumas, até nos assustam.

Mas o que fazer quando pensamos numa saída e nele há um problema e de imediato, não encontramos esta saída? A solução está em firmamos nossos pensamentos em Cristo Jesus, nosso verdadeiro amigo.

CONCLUSÃO

Devemos nos aproximar de Jesus, sem remorso, sem trauma, como um filho aproxima de seu pai ainda que este seja uma autoridade das mais importantes nesta terra.

Não deixe nada te afastar do ministério que Deus tem para sua vida. Os problemas sempre existirão, e nunca te darão sossego, mas Deus conhece o seu coração e sabe o que pode suportar, ainda que tudo pareça um vento contrário, diante de um gigante presente.

Pense nisso e siga em frente!

Se você gostou deste artigo, curta ou compartilhe no facebook, clique aqui embaixo e deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário...

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.