Posso ir para a Igreja de bermuda?

É PECADO IR A IGREJA DE BERMUDA?

Uma questão constantemente discutida e polemizada dentro das igrejas, desde muito tempo, é referente ao uso de bermuda dentro dos templos.

Nos últimos anos essa discussão tem se acentuado, pois ultimamente tem havido grande modernização e adesão de certos aspectos sociais gerais dentro da Casa do Senhor.

Até as décadas de 1980 e 1990, entretanto, as igrejas evangélicas eram bem mais tradicionais, e esse tipo de pergunta nem entraria em mérito.

Contudo, o tempo passa e, junto a ele, novos convertidos e até mesmo jovens que estão na igreja desde pequenos têm dúvidas quanto ao uso de bermudas em igrejas.

Será que é pecado ir ao culto de bermuda? Ou seria considerado apenas uma falta de respeito?

Ou então: será mesmo sinal de irreverência, já que Deus vê nossa intenção, e não como estamos vestidos?

São diversas perguntas válidas, interessantes e merecedoras de resposta.

Buscamos apenas mostrar diferentes pontos de vistas, baseados sempre na Palavra de Deus.

A fim de trazer o esclarecimento de todos aqueles que procuram fazer o correto perante o Senhor.

Acompanhe nosso post e não deixe de tirar suas dúvidas!

É PECADO IR DE BERMUDA PARA IGREJA?

Bermudas

Algumas igrejas mais tradicionais não permitem o uso de bermudas durante a realização de cultos.

No dia-a-dia, fora da igreja, elas não vêem problema.

Logo, entendemos que a restrição da bermuda dentro dos templos esteja diretamente relacionada com a postura de reverência e respeito exigida perante a Casa de Deus.

Como mencionamos em nossos artigos anteriores, alguns cuidados simples merecem ser tomados na hora em que formos nos arrumar para ir à igreja.

Por exemplo: prestar atenção ao cumprimento das blusas; se assegurar que as calças ou blusas não sejam muito apertadas; não usar a mesma maquiagem de festas, e entre outros detalhes.

Veja o artigo: “Roupas evangélicas masculinas: Como me vestir?”

São pequenas preocupações que fazem a diferença na hora de se apresentar à adoração.

Para facilitar o entendimento, podemos exemplificar a situação da seguinte forma:

diante de um de processo jurídico, em que seja necessário nos apresentarmos diante de um juiz.

Os homens não podem entrar no tribunal de bermuda, apenas de calça social.

As mulheres também não podem se vestir de qualquer forma.

Então, na hora de nos apresentarmos a Deus, deveríamos seguir o mesmo raciocínio lógico de reverência que damos aos Homens.

Se não podemos nos apresentar de qualquer forma perante nós mesmos, que dirá perante Deus, não é mesmo?

Porém, também sabemos que tais fatores se aplicam aos olhos humanos.

Tudo isso que fazemos é para não causar escândalo ao irmão que está do nosso lado, pois sabemos que Deus está atento aos nossos corações e intenções.

Se a sua denominação não apresenta nenhuma restrição ao uso de bermudas, e você, mediante reflexão individual com Deus, chegou à conclusão de que não há problema.

Então se importe apenas em louvar e adorar ao Senhor de todo seu coração.

SE A IGREJA É CONTRA O USO DE BERMUDAS, ESTOU SENDO DESRESPEITOSO?

é pecado ir a igreja de bermuda

Bom, esclarecemos nossa primeira dúvida e chagamos a conclusão de que, de forma geral, ir à igreja de bermuda não é pecado.

Não temos base bíblica para afirmar que seja e, se nossa adoração é sincera, o Senhor se achega a nós, independentemente de como estamos vestidos.

Com isso, realizamos votos de aceitação à Cristo e, também, às regras da denominação e dessa forma, concordamos com o que é pregado pela igreja.

Veja o artigo: “Roupas evangélicas femininas: como devo me vestir?”

E se dizemos sim aos votos, devemos cumpri-los, pois a palavra do cristão deve ser sim, sim ou não, não.

Nada de ficarmos em cima do muro!

Então, ao nos dirigirmos de bermuda aos cultos em igrejas tradicionais que não concordam com essa prática, estamos sendo sim desrespeitosos e causando escândalo ao nosso irmão.

Isso sim é pecado. Nosso erro estaria em provocar a ira e abominação a nossos irmãos, como podemos ver na Palavra em 2 Coríntios 6:3:

“Não dando nós nenhum motivo de escândalo em coisa alguma, para que o ministério não seja censurado.”

Siga as regras estabelecidas pela igreja frequentada por você e, se não estiver satisfeito com o funcionamento da denominação, sinta-se à vontade para procurar outra em que seja permitido o uso de bermudas.

Privilegie seu relacionamento com Deus, mas também leve em consideração o bom testemunho e comunhão com seus irmãos. Tudo isso coopera para o melhor engrandecimento de Jesus Cristo durante os cultos.

SOU CONTRA O USO DE BERMUDAS EM IGREJAS

é pecado ir a igreja de bermuda?

Por outro lado, não seja aquela pessoa que critica e julga quem não segue seus padrões, Se você se sente bem usando apenas calças dentro da igreja, julgue-se a si mesmo.

Mas não estenda seus padrões de conduta aos outros.

Cada um deve analisar a si mesmo, e cada coração é conhecido individualmente por Deus, e não devemos examinar alguém pela roupa que ela usa ou deixa de usar na Casa do Senhor.

Podemos confirmar essa ideia lendo Tiago 2:1:

“Meus irmãos, não tenhais a fé em nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor da glória, em acepção de pessoas.”

Veja o artigo: “5 erros da moda cristã”

Como vemos, nossa fé em Jesus não deve estar baseada no preconceito ou qualquer juízo de valor sobre aqueles que simplesmente são diferentes de nós.

Se nossos corações e intenções forem iguais, ou seja, se todos estão preocupados em se aproximar da presença de Deus da forma mais sincera possível.

Então o Senhor ouvirá igualmente o clamor de todos, esteja a pessoa de bermuda ou calça dentro da igreja.

E, depois, mais à frente, ainda em Tiago, capítulo 2, mas dessa vez no versículo 9, lemos assim:

CONCLUSÃO:

Temos a esperança de ter esclarecido as principais dúvidas quanto ao uso de bermudas dentro da igreja.

Pode ser que seja um assunto simples, mas muitas vezes nossas perguntas permanecem sem resposta devido a vergonha de perguntarmos a alguém.

É muito bom sempre procurar saber mais sobre as doutrinas das igrejas evangélicas.

Desde suas permissões até restrições, passando pelos assuntos que geralmente ficam a critério do membro.

Por último, gostaríamos de deixar a palavra que está em Salmos 51:17:

“Os sacrifícios que agradam a Deus são um espírito quebrantado; um coração quebrantado e contrito, ó Deus, não desprezarás.”.

Pense nisso!

Se você gostou deste artigo, curta ou compartilhe no facebook, clique aqui ou deixe um comentário

5 Comentários

  1. É uma questão de bom censo!

    O vestuário é escolhido de acordo com o tempo e o clima, assim como ao tipo de evento e cerimônia!

    Exemplo: cerimônia de casamento, traje nupcial!
    Para prática de esportes, traje esportivo!
    Para ir a praia, traje de banho!
    Etc. Etc. Etc…

    Cada lugar ou cerimônia tem o traje mais apropriado!

    Assim como não é conveniente ir a praia de terno e gravata, também não convém ir num culto da igreja de bermuda!

    Assim como não é conveniente ir a uma cerimonia de casamento de chinelo e camiseta, devido a formalidade da cerimônia, também não convém ir assim nos cultos da igreja!

    Então eu não diria que ir na igreja de bermuda seja pecado ou errado, mas diria que não é conveniente!

    Porém dependendo da ocasião, por exemplo se não for num culto, mas sim para realização de algum tipo de trabalho, também não vejo problema algum!

    Porém no culto, já é um ambiente religioso, que requer um pouco mais de um vestuário mais formal, conivente com a cerimônia a ser realizada!

    Lembrando que não é pelo fato de que é o nosso corpo que é o templo do Espírito Santo e a casa de Deus, pois os edifícios das denominações não é templo nem tão pouco é a casa do Senhor, mas nem por isso que estes lugares devem ser vistos como comum, nem banalizados!
    São recintos religiosos, que foram consagrados a Deus e merecem nossa reverência e respeito!
    Então tenha bom senso e pudor!

    • Triste que em 2018 ainda há igrejas que se escandalizam com uso de bermudas em cultos. Igrejas despreparadas espiritualmente pra receber qualquer pessoa, questionar vestuário não é o problema, o problema é perceber que isso se relaciona com a questão de receber pessoas novas, o papel da igreja (física) é apenas ser um lugar para se reunir, o templo NÃO É A CASA DE DEUS. Eu não vou lá me apresentar a Deus, vou lá me reunir com meus irmãos. Estamos depois de Cristo, ou será que não? Deus está dentro de mim –‘ e em tudo. Se não enfrentarmos esse tabu, continuaremos empacando o evangelho e criando cada vez mais religiosos ao invés de discípulos. Que Deus dê sabedoria pra essa nova geração. Ta na hora de estudarmos mais as cartas do NOVO testamento. Que Deus abençoe a igreja.

  2. Marcus bom dia,

    Realmente devemos ter o discernimento para o uso da bermuda em certos ambientes. Sabemos que para cada ocasião, se faz necessário um tipo de traje e isso tem a ver com o bom gosta e costumes.

    Na Casa de Deus, o único a ser reverenciado é Jesus Cristos, nosso Senhor e Salvador de todos, e por isso cabe a cada irmão, se apresentar diante dele com descendia e ordem.

    Se os nossos gestos e trajes estão escandalizando a Igreja, então precisamos mudar o nosso conceito imediatamente.

    Obrigado pelo seu comentário e tenho certeza que ajudará muitos irmãos!!!

  3. Concordo plenamente com os comentários só que”particulamente” considero pecado sim, o uso desses topos de trajes dentro da cada do Senhor, visto que a distância entre Deus e os homens, (digo em honra, majestade, poder etc…) é indescritível.
    Os sacerdotes só escreviam o nome de Deus com instrumento de ouro.
    Ele é digno de temor.
    Hoje até se escreve o Seu nome com d minúsculo. Aff.
    Realmente estão confundindo as coisas.
    A alguns homens não se pode dirigir a palavra sem observar alguns critérios tais como: excelentíssimo, digníssimo, meritíssimo, doutor etc…, sob pena de ser severamente corrigido e constrangido.
    Mas, alguns “modernos” se referem ao criador como ” o cara”.
    Dispensa comentários. É falta de respeito, irreverência, falta de santidade, falta de inteligência etc…
    Poderia um livro enorme sobre meu parecer, mas vou ficar por aqui. Também” infelizmente” não acredito que adiantaria.

    Quem tem bom senso que me siga. Só acho.

    • Amém Pastor,

      Obrigado pelo seu posicionamento diante de nossos leitores. Esse esclarecimento vai ajudar muitos jovens ao se dirigirem a Casa do Senhor.

      Precisamos melhorar o nosso comportamento, se quisermos alcançarmos a excelência com o nosso Deus.

      Deus abençoe sua vida

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.