O valor da adoração

o valor da adoração

Afinal de contas, qual é o valor da adoração? Enquanto os caminhos que escolhemos para a adoração são únicos para nós, os princípios que fluem autenticamente das experiências de “adoração viva” se aplicam a todos nós.

Na realidade, encontrar a Deus na adoração é um pouco parecido com trocar as cordas do violão.

não há como saber o quão obtuso as cordas antigas soavam até ouvir as novas soando.

Muitas vezes, com o coração funciona da mesma maneira. Neste artigo, abordaremos o verdadeiro valor da adoração.

Vejamos alguns aspectos para o nosso estudo de hoje:

O VALOR DA ADORAÇÃO DEPENDE DO TEMPO PARA FOCAR EM DEUS

O valor da adoração

Isto não significa se preocupar se nossa adoração é silenciosa ou exuberante, sonoramente atual ou tradicional; muitas vezes, as pessoas reagem ao serem atraídas para um lugar especial para eles e para Deus.

Vemos isso nas lágrimas de recém-convertidos, na tranquilidade dos jovens e nos olhares absortos de pessoas concentradas em Jesus.

Veja o artigo: “Qual tipo de música você tem tocado na Igreja?”

Vemos também nos gestos de amor e no encontro dos olhares das pessoas normalmente reservadas.

Canções simples cantadas por corações sinceros preparam o ambiente para a visita de Jesus, e Sua presença traz o sopro quente da primavera para corações cativos por várias formas de inverno. Adoração viva nos atrai para Deus.

ADORAÇÃO CRIA UM ESPAÇO PARA COMUNHÃO COM DEUS

O valor da adoração

Para mim, isto é um valor supremo da adoração: criar um espaço na vida para comunhão e relacionamento verdadeiros com Deus.

Abrimos nossos corações a Deus de forma transparente e sem defesas, e Ele se apresenta entre nós de maneiras diferentes, algumas vezes de modo bastante palpável.

Ele continua o trabalho de consertar as coisas em nossos corações, e assim, conforme direcionamos nossa visão a ele, somos transformados.

Enquanto não passo conscientemente por esses passos todo domingo de manhã, algo assim invariavelmente acontece comigo.

Veja o artigo: “Quando perdemos a adoração, o inimigo se aproveita?”

Depois de esvaziar minha mente das ocupações cotidianas, de repente percebo a música (depois de rir do novo chapéu do baixista) e sou levado à alegria: lembrando de Deus, do Seu amor, das minhas necessidades, recebendo suas respostas, cantando com o coração, cantando no espírito, despertando para Ele — vivo novamente para a comunhão com Deus. Adoração viva nos desperta para Deus.

ADORAÇÃO NOS PREPARA PARA O COMPROMISSO COM DEUS

O valor da adoração

Outro valor que emana de um período de adoração viva é a sua capacidade de extrair de nossa alma laços mais profundos.

Athanasius (293-373) ensinou que o louvor tem a maravilhosa habilidade de focar todas as partes da alma numa única direção, de ordenar nossos desejos contraditórios.

Veja o artigo: “Quem Deus quer para seu louvor?”

Ele diz: “Como na música o dedilhar é usado para fazer soar a corda, a alma deve, através da música, se tornar um instrumento totalmente devotado ao Espírito; de forma que todos os membros e emoções reajam perfeitamente à vontade de Deus”.

Adoração viva nos prepara para um compromisso mais profundo com Deus.

ADORAÇÃO NOS DÁ A OPORTUNIDADE DE SERMOS CURADOS POR DEUS

O valor da adoração

Adoração nos ajuda a obter cura. Martinho Lutero (1483-1546) escreveu: “Eu seguramente acredito, sem vergonha de afirmar, que depois da teologia nenhuma arte se compara à música; é a única arte, com exceção da teologia, capaz de dar uma mente tranquila e feliz.

Isto é notoriamente provado pelo fato de que o demônio, autor da depressão e outros distúrbios, quase foge do som da música como da teologia”. O valor da adoração começa quando tudo está dentro de nossos corações.

Em outras palavras, ele diz que a música é um dom de Deus que afasta o demônio e deixa as pessoas felizes. O valor da adoração viva nos cura, de dentro para fora.

ADORAÇÃO PROVÊ UM LUGAR ONDE PODEMOS SER TRANSFORMADOS POR DEUS

o valor da adoração

William Temple, arcebispo de Canterbury de 1942 até sua morte em 1944, capturou muitos desses benefícios na bela descrição da adoração em seu livro, “Hope of a new world” (Esperança de um novo mundo).

Adorar é despertar a consciência pela santidade de Deus, abrir o coração para amá-lo, para dedicar nossa vontade para o propósito de Deus”.

Ao seu alcance

Sob a luz da sabedoria das vozes mais experientes, e sob a luz da minha própria experiência, penso que é quase impossível superestimar a importância e o valor da adoração para a alma.

Precisamos disto para sobreviver espiritualmente; precisamos disto de modo a nos tornar o que Deus quer que sejamos. Cada comunidade de cristãos deve trabalhar de todo coração e entendimento, para encontrar o vivo caminho que trabalha a nosso favor.

É uma tragédia de primeira grandeza que muitas igrejas tenham “adormecido para a adoração”, com crentes pensando ter adorado quando mal arranharam a superfície.

Ausência de uma experiência real do valor da adoração, e seu consequente desapontamento, pode nos afastar de uma verdadeira comunhão que está mais próxima do que podemos imaginar.

Veja o artigo: “Porque o ministério de louvor parou no tempo?”

A adoração viva está ao alcance de todos nós. Agradeço a Deus por ter ouvido meu clamor e permitir que nossa igreja local desenvolvesse uma estrutura de adoração que nos possibilita encontrar com Ele num caminho real.

CONCLUSÃO

Há um lugar chamado “a terra dos viventes”. É um lugar de adoração viva para todos, e para toda igreja local. Eu os aconselho a não descansar até que tenham experimentado o supremo valor da adoração.

Pense nisso e siga em frente!

Se você gostou deste artigo, curta ou compartilhe no facebook, clique aqui embaixo e deixe seu comentário

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.