O que precisamos saber sobre o fim dos tempos?

Tempo de Deus

Um dos assuntos que mais intriga a humanidade, é quando será a volta do Senhor Jesus e o fim dos tempos, mas o que precisamos saber sobre este assunto?

Jesus é o Cristo, logo ele é a verdade e solução de todas as coisas, e fora dele não há nenhuma verdade.

Assim, ao dizer que muitos serão enganados, Jesus deixa claro que os falsos cristos afirmarão possuírem a verdade, ou serem a verdade.

Isso é justamente o que temos visto atualmente. Nunca a humanidade esteve tão perdida.

A verdade foi relativizada, inclusive existe até o ditado, de que “cada um tem a sua verdade”.

 Vejamos alguns aspectos para o nosso estudo de hoje:

O QUE JESUS QUIS DIZER SOBRE O FIM DOS TEMPOS EM MATEUS 24?

fim dos tempos

Para entendemos a meditação, precisamos ler e entender a Palavra de Deus que está em Mateus 24.1-28.

Sobre os acontecimentos dos fim dos tempos, é recomendável ler também os versículos restantes de Mateus 24 e todo o capítulo 25.

Sobra a quem Jesus dirigiu, em primeiro lugar, as palavras de Mateus 24 e 25?, a resposta é: basicamente aos judeus – e não à Igreja.

Mas trata da volta de Jesus em grande poder e glória para Seu povo Israel, após a Grande Tribulação (Mt 24.29-31).

Veja o artigo: “O relógio de Deus não para!”

Até então os discípulos, como judeus, só sabiam da era gloriosa do Messias que viria para Israel (por exemplo, Lucas 17.22-37).

Os discípulos a quem Jesus Se dirigiu em Mateus 24 e 25 evidentemente eram judeus e em minha opinião, eles simbolizam o remanescente judeu fiel, que crerá no Messias no tempo da Grande Tribulação.

No sermão profético do Senhor Jesus no Monte das Oliveiras, Ele predisse como será a situação dos judeus no período imediatamente anterior à Sua volta.

Falsos profetas e falsos cristos, como são chamados em Mateus 24.5,23,26, representam um perigo para Israel.

‘’Porque tais falsos apóstolos são obreiros fraudulentos, transfigurando-se em apóstolos de Cristo.’’ 2 Coríntios 11:13

Filhos de Deus renascidos pelo Espírito Santo certamente não vão sucumbir às seduções de falsos cristos e cair nesses enganos.

O “abominável da desolação” (Mt 24.15) diz respeito claramente à terra judaica, ao templo judaico e aos sacrifícios judeus.

Já o profeta Daniel falou a respeito. E Daniel não falava da Igreja, mas de “teu povo… e de tua santa cidade” (Dn 9.24).

A frase: “então, os que estiverem na Judéia fujam para os montes” (Mt 24.16), é bem clara. Trata-se nitidamente da terra de Israel.

A QUE ÉPOCA JESUS SE REFERE EM MATEUS 24?

 o fim dos tempos esta proximoA resposta à pergunta anterior nos conduz automaticamente ao tempo em que esses fatos acontecerão.

Veja o artigo: “Os falsos profetas”

1. Os versículos 4-8 descrevem, segundo meu entendimento, a primeira metade da 70ª semana de Daniel.

Que se dividem em duas etapas de três anos e meio. Há um paralelismo e uma concordância quase literal entre Mateus 24.4-8 e Apocalipse 6, onde o Senhor abre os selos de juízo:

Falsos cristos (Mt 24.5) – primeiro selo: um falso cristo (Ap 6.1-2).

Guerras (Mt 24.6-7) – segundo selo: a paz será tirada da terra (Ap 6.3-4).

Fomes (Mt 24.7) – terceiro selo: um cavaleiro montado em um cavalo preto com uma balança em suas mãos (Ap 6.5-6).

Terremotos (Mt 24.7), epidemias (Lc 21.11) – quarto selo: um cavaleiro montado em um cavalo amarelo, chamado “Morte” (Ap 6.7-8).

2. Nos versículos 9-28 temos a descrição da Grande Tribulação, ou seja, a segunda metade (três anos e meio) da 70ª semana de Daniel.

Nesse tempo muitos morrerão como mártires (Mt 24.9) – quinto selo (Ap 6.9-11).

Coisas espantosas e grandes sinais no céu anunciam a chegada do grande dia da ira do Senhor (Lc 21.11) – sexto selo (Ap 6.12-17).

Quem perseverar até o fim verá a volta do Senhor e entrará no Milênio (Mt 24.13).

O Evangelho do Reino será pregado por todo o mundo (v. 14). Ele não deve ser confundido com o Evangelho da graça, anunciado atualmente.

O Evangelho do Reino é a mensagem que será transmitida no tempo da Tribulação pelo remanescente e pelos 144.000 selados do povo de Israel.

3. Mateus 24.15 refere-se à metade da 70ª semana de Daniel, o começo dos últimos três anos e meio de tribulação.

A “abominação desoladora” não teve seu cumprimento na destruição do templo em 70 d.C., pois refere-se à afirmação de Daniel, que aponta claramente para o fim dos tempos (Dn 12.1,4,7,9,11).

A profecia da “abominação desoladora” de Daniel teve um pré-cumprimento aproximadamente em 150 a.C., na pessoa de Antíoco Epifânio. Daniel 11.31 fala a respeito.

A “abominação desoladora” cumpriu-se parcialmente em 70 d.C. através dos romanos, que destruíram o templo.

QUAL É A MENSAGEM DESSE TEXTO BÍBLICO PARA NÓS HOJE?

fim dos tempos youtube

Essa passagem tem forte significado para os crentes de hoje, pois sabemos que os impressionantes acontecimentos da Grande Tribulação.

E lançam suas sombras diante de si e que, por essa razão, o arrebatamento da Igreja deve estar muito próximo.

Nosso mundo está muito inquieto. Há conflitos em muitos países e torna-se mais e mais evidente a possibilidade de guerras devastadoras em futuro próximo.

Mais de 400.000 cientistas estão atualmente ocupados em melhorar sistemas bélicos ou em desenvolver novos armamentos.

Grande parte da humanidade passa fome e o fim dos tempos é iminente 

Terremotos, tempestades, inundações e doenças imprevisíveis, além de outros fenômenos e catástrofes da natureza.

Grande parte dos cristãos é perseguida. Muitos chegam a falar de uma “escalada” nas perseguições nos últimos anos.

Veja o artigo: “Tsunami: O bramido anuncia a volta de Cristo”

Também a sedução e o engano através de falsas religiões é comparável a uma avalanche. O clamor pelo “homem forte” torna-se mais audível.

Qualquer coisa passa a ser anunciada como “deus” ou “salvador” – e as pessoas agarram-se ansiosas a essas ofertas enganosas.

Ao mesmo tempo acontece uma apostasia nunca vista, um crescente afastamento da Bíblia e do Deus vivo.

As dores da Grande Tribulação anunciarão a vinda do Filho do Homem. Não nos encontramos diante do fim do mundo, mas nos aproximamos do fim de nossa era (Mt 24.3).

O Filho de Deus não nos trará o fim, mas um novo começo. Jesus Cristo não é apenas a esperança para o futuro do mundo, mas a esperança para toda pessoa, para cada um que invocar Seu Nome!

CONCLUSÃO

Não sabemos quando o Senhor Jesus voltará, mas todos os seus ensinamentos deixaram uma marca na história da civilização.

Que o nosso Senhor Jesus possa preencher de esperança os nossos corações, porque em breve Ele verá com poder e glória.

Precisamos está atentos aos acontecimento do fim dos tempos, porque todo cristão precisa saber

Pense nisso e siga em frente!

Se você gostou deste artigo, curta ou compartilhe no facebook, clique embaixo e deixe seu comentário

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.