O povo de Deus não tem liberdade?

jovem preso

Vivemos em tempos que se prega a liberdade, liberdade de expressão, liberdade religiosa, política, econômica, etc, e até mesmo os povos de cultura muçulmana tão rígida estão em busca de liberdade para suas nações.

A liberdade não pode ser confundida com libertinagem, que é uma liberdade descontrolada.

Sabemos que nossa liberdade tem um limite onde começa a liberdade do nosso próximo.

Como Jesus ensinou “Tudo quanto, pois, quereis que os homens vos façam, assim fazei-o vós também a eles;” (Mateus 7.12) e o apóstolo Paulo também “Vede, porém, que esta vossa liberdade não venha, de algum modo, a ser tropeço para os fracos.” (1 Coríntios 8.9).

Vejamos alguns aspectos para estudo:

SOMOS LIVRES DO PECADO, MAS O PECADO NÃO QUER SE LIVRAR DE VOCÊ

liberdade

A maturidade cristã passa pela liberdade. Alguns exercem essa liberdade com mais amplitude que outros. À medida que crescemos, nosso universo cristão se torna maior.

É por isso que alguns fazem o que outros vêem como pecado (1 Co 8.9). Não posso simplesmente ignorar isso, mas perceber as diferenças que a vida cristã permite e considerar o que escandaliza o meu irmão.

Porém, há um detalhe aqui. Devo cuidar para que a minha liberdade não seja controlada pela consciência dos outros (1 Co 10.29).

Os que são maduros devem levar os fracos ao crescimento e não descerem degraus ou se estagnarem na visão pequena de quem ainda engatinha na fé. Liberdade é preciso. Crescer é preciso.

Veja o artigo: “Verdades sobre idolatria gospel”

A Bíblia diz que onde está o Espírito do Senhor, ali há liberdade (2 Co 3.17). Quanto mais estamos na presença do Senhor, mais nos sentimos livres e queremos ver as pessoas livres.

Antes, vivíamos presos aos vícios e pecados diversos, mas Cristo nos libertou para vivermos em liberdade (Gl 5.1). Como é que a gente vem para Jesus para ser liberto e depois que se torna crente quer viver pelas obras? (Gl 3.1-5).

Infelizmente há muita fachada e aparência de piedade, mas pouco ou nenhum poder (2 Tm 3.5). Precisamos usufruir e vivenciar a leveza e a felicidade de uma pessoa perdoada (Sl 32.1-2).

É bem verdade que não devemos usar a liberdade para dar ocasião à vontade da carne (Gl 5.13; 1 Pe 2.16), e que a liberdade é resultado da obediência à Palavra de Deus.

Essas regras têm aparência de sabedoria, devido a natureza religiosa e a severidade das exigências, mas não têm valor algum para refrear os impulsos carnais (Cl 2.16-23).

VOCÊ VIVENDO EM LIBERDADE MESMO?

liberdade em cristo estudo

1- Você está liberto das imoralidades do corpo?

Muitas pessoas estão apegadas a objetos. São materialistas. Escravos da tecnologia, do dinheiro, da comida, bebidas, moda, etc.

Por isso caem em muitos vícios como jogos de azar, jogos virtuais, novelas (palavra que vem de novelo = enrolar), glutonaria, bebedices, cigarros, avareza (vício por dinheiro) e até por sexo.

Veja o artigo: “Quem será aprovado pelo Senhor?”

A vaidade excessiva faz a pessoa ser escrava de si mesma com medo de envelhecer. Cuidar do corpo, da beleza e da saúde é bom, mas não pode ser algo doentio e destrutivo. A ditadura da beleza não pode nos restringir à felicidade.

Esta libertação ocorre no âmbito corporal. Precisamos libertar nosso corpo de qualquer dependência. Deus não criou o ser humano para ser dominado e sim para dominar (Gênesis 1.27).

2- Você está liberto da alma?

Muitas pessoas são aprisionadas em si mesmas. Isso pode ser percebido pela timidez excessiva, inibição ou até mesmo por máscaras que a pessoa assume com um estilo de vida que venha esconder quem realmente é.

Por isso o autor Augusto Cury em O código da Inteligência, recomenda a duvidar de nossos medos. Faça este exercício, duvide, pergunte: por que eu estou com medo? Há alguma razão? Então reflita e verá que não há por que temer.

A Bíblia tem o vocábulo “não temas” 365 vezes para nos lembrar todos os dias do ano que não há o que temer.

E nada disso pode nos dominar “Porque Deus não nos tem dado espírito de covardia, mas de poder, de amor e de moderação.” (2 Timóteo 1.7).

3- Você está liberto da idolatria?

O principal motivo que leva alguém a praticar a idolatria é o aprendizado com outras pessoas e para ser aceito num grupo social, aderimos a times de futebol, partido político, fã clube.

Idolatria é tudo o que ocupa o lugar que só pertence a Deus em nossas vidas. Nada pode é maior que Deus. Por isso se colocamos algo em maior importância que o Senhor em nossas vidas, isso é idolatria.

CONCLUSÃO

A bíblia diz quer se o filho voz libertar, verdadeiramente sereis livres. Então seja livre do pecado e das obras do inimigo, você é mais do que vencedor em Cristo Jesus.

Pense nisso e siga em frente

Se você gostou deste artigo, curta ou compartilhe no facebook, clique aqui embaixo e deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.