O dom maior

Você sabia que existe um dom maior do que o de profetizar? Maior do que o de a palavra do conhecimento ou sabedoria? E maior ainda do que o do de curar?

E também do que o dom de operação de milagres, discernimento de espírito, línguas e interpretação? Sim, é verdade. Existe um único dom que se sobrepõe a todos estes.

Este dom, deve fazer parte do cristão autêntico, e veremos neste artigo, os fatores que representam esse dom.

Mas que dom é esse, será que eu tenho?

Vejamos se temos ou não esse dom:

O DOM DO AMOR PRECISA PREVALECER 

Dom

‘’Portanto, procurai com zelo os melhores dons; e eu vos mostrarei um caminho mais excelente’’. 1 Coríntios 12:31

 Veja que o texto diz para procurarmos os melhores dons, e qual será o melhor dom? Veja o texto abaixo:

 ‘’Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine’’. 1 Coríntios 13:1

 Tenho visto no nosso meio, meus irmãos, uma falta de amor muito grande. Sim, eu sei que é bíblico, pois estamos nos fins dos tempos.

‘’E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará’’. Mateus 24:12

 É importante profetizar, e sim, eu creio e tenho visto atos miraculosos de Deus em muitas pessoas, como curas, por exemplo. Mas como Paulo disse, existe um caminho mais excelente.

Veja o artigo: “Princípios para a construção de um lar”

Ele não quer dizer que devemos negligenciar os dons, mas, como ele mesmo disse: “E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria” (I Co. 13:1 a 3).

O dom deve existir, e devemos ser usados pelo Senhor. Porém, de que adianta sermos usados por Deus dentro da igreja, e não conseguirmos abraçar um bêbado ou mendigo ao saímos de lá, compartilhando com eles do evangelho?

De que adianta profetizarmos e sermos incapazes de amar o nosso próximo? De que adianta darmos os nossos bens ao necessitado e não termos amor verdadeiro?

É disso que Paulo está falando. Devemos procurar os melhores dons, e isso com zelo. Mas existe um caminho mais excelente. E este é o caminho do amor.

COMO FAZER ISSO VERDADEIRAMENTE?

Ajudar ao pobre

Jesus não disse que eles nos identificariam através da música, ou dos dons. Após lavar os pés dos discípulos, Ele disse: “Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis. Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros”. (João 13:34 e 35).

Somente através do nosso amor um pelos outros é que o mundo nos identificaria como CRISTÃOS, porque cristão é quem esteve com Cristo, e Cristo é amor.

Nós devemos ter amor a Deus a às pessoas, acima do amor ao talento musical, acima dos nossos dons ministeriais. Se quisermos ver nossa geração tocada pelo Senhor, teremos que descer do nosso pedestal da arrogância ministerial e amarmos uns aos outros, não como queremos, mas como CRISTO AMOU A IGREJA.

Veja o artigo: “O que realmente é o amor?”

“Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor. Se alguém diz: Eu amo a Deus, e odeia a seu irmão, é mentiroso.

Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, como pode amar a Deus, a quem não viu? E dele temos este mandamento: que quem ama a Deus, ame também a seu irmão”. (I João 4:8, 20-21).

 CONCLUSÃO

Maravilha mesmos é quando amamos o nosso semelhante como se fosse a última pessoa no mundo. Jesus quer um coração de ternura e bondade, creia que Ele é capaz de ter de fornecer um sentimento de compaixão e amor

Pense nisso e siga em frente!

Se você gostou deste artigo, curta ou compartilhe no facebook, clique aqui embaixo e deixe seu comentário

 

 

 

 

Be the first to comment

Deixe um comentário...