Me alegrei diante do Senhor, e daí?

Alegria

Me alegrei diante do Senhor, o que os outros tem com isso? Sei que o entretenimento está tão enraizado na cultura evangélica, que parecerá um absurdo a tese que defendo. 

Uma das coisas que mais preocupa a Igreja e principalmente os jovens, é a dança na Congregação e ela é motivo de muitos discussões Teológicas e emotivas dentro de uma Instituição religiosa.

Isso sem contar da grande dor de cabeça que causa no Pastor, e se me alegrei, que precisa dosar o real com o irreal?. Mas existe algumas considerações a falar sobre esse assunto.

Então, vejamos o que este artigo nos ensina sobre o nosso comportamento quando nos alegramos diante do Senhor.

ME ALEGREI COMO O CASO DO REI DAVI: 2 Samuel 6:14-16

Alegrei

  1. E Davi saltava com todas as suas forças diante do Senhor; e estava Davi cingido de um éfode de linho.
  1. Assim subindo, levavam Davi e todo o Israel a arca do Senhor, com júbilo, e ao som das trombetas.
  1. E sucedeu que, entrando a arca do Senhor na cidade de Davi, Mical, a filha de Saul, estava olhando pela janela; e, vendo ao rei Davi, que ia bailando e saltando diante do Senhor, o desprezou no seu coração.

 A maioria de nós cristãos conhece a história de Davi dançando perante o Senhor (2Sam 6:11-23). 

Veja o artigo: “Igrejas que dançam”

O Rei Davi estava exultante, e “dançava com todas as suas forças diante do Senhor” (v. 14), externando sua adoração a Deus sem se preocupar com o que os outros estariam pensando dele. Sua esposa, Mical, o “desprezou no seu coração” e o criticou severamente por dançar daquela maneira diante do povo (vs. 16 e 20).

Os saltos e danças de Davi diante do Senhor foram expressão de alegria e de louvor a Deus. A dança de Davi (descrita em 2 Samuel 6:14) foi uma forma de regozijo religioso. Me alegrei, e ponto acabou!

Porque a mulher de Davi ficou tão irada?

Se voltarmos no um pouco no tempo, veremos que Mical não era exatamente o que se possa chamar de má pessoa – apesar de ser filha de Saul, que reinou antes de Davi.

Entretanto o plano de Saul foi frustrado pela fidelidade de Mical a Davi. Na sequência da história, vemos que ela ajudou Davi a fugir de Saul quando este o perseguia, enganando o próprio pai (1Sam 19:11-17).

Por que então esta mulher, que um dia compreendeu e participou do plano de Deus para preservar a vida de Davi, agiu de maneira tão severa quando agora, anos mais tarde, o Rei simplesmente adorava ao Senhor com alegria?

O que causou toda essa ira?

Mical sentia-se como um joguete nas mãos dos dois homens da sua vida – Davi, seu marido e o rei Saul, seu pai. Seu pai obrigou-a a casar-se com outro homem e Davi, depois da morte de Saul, recebeu-a das mãos de um dos seus irmãos, para tornar ainda mais legítimo o seu reinado. 

E NA IGREJA, PODEMOS DANÇAR DIANTE DO SENHOR?

Dança na Igreja

Algumas pessoas, quando perguntam se é pecado dançar, querem um trecho bíblico que explicitamente condena todo tipo de dança. Se me alegrei, porque devo ser diferente?

Danças na Bíblia, como nos dias de hoje, não são todas iguais. Podemos ver, pelo menos, dois tipos de danças na Bíblia:

1. Expressão de alegria e de regozijo

‘’Louvai-o com o tamborim e a dança, louvai-o com instrumentos de cordas e com órgãos. Salmos 150.4

‘’Então a virgem se alegrará na dança, como também os jovens e os velhos juntamente; e tornarei o seu pranto em alegria, e os consolarei, e lhes darei alegria em lugar de tristeza’’. Jeremias 31.13

‘’Cessou o gozo de nosso coração; converteu-se em lamentação a nossa dança’’. Lamentações 5:15

E o seu filho mais velho estava no campo; e quando veio, e chegou perto de casa, ouviu a música e as danças’’. Lucas 15:24,25

‘’Porque os cavalos de Faraó, com os seus carros e com os seus cavaleiros, entraram no mar, e o Senhor fez tornar as águas do mar sobre eles; mas os filhos de Israel passaram em seco pelo meio do mar.

Então Miriã, a profetisa, a irmã de Arão, tomou o tamboril na sua mão, e todas as mulheres saíram atrás dela com tamboris e com danças’’. Êxodo 15:19,20

Veja o artigo: “Falando de dança na Igreja”

‘’Sucedeu, porém, que, vindo eles, quando Davi voltava de ferir os filisteus, as mulheres de todas as cidades de Israel saíram ao encontro do rei Saul, cantando e dançando, com adufes, com alegria, e com instrumentos de música’’. 1 Samuel 18:6

2. Aspecto sensual

Neste caso era com a intenção de agradar aos homens, e me alegrei por isso, como podemos observar a filha de Herodias, ela dançou de uma maneira que agradou aos homens na festa do rei, levando este líder a fazer uma promessa irrefletida

‘’E, chegando uma ocasião favorável em que Herodes, no dia dos seus anos, dava uma ceia aos grandes, e tribunos, e príncipes da Galiléia,

Entrou a filha da mesma Herodias, e dançou, e agradou a Herodes e aos que estavam com ele à mesa. Disse então o rei à menina: Pede-me o que quiseres, e eu to darei’’. Marcos 6:21,22

MAS AFINAL DE CONTAS, O CRISTÃO PODE OU NÃO PODE DANÇAR?

Dúvida

O que sempre ouvimos no nosso meio, é que o importante é adorar com espírito e verdade, isso basta!

 Mas será que é isso mesmo? Observemos alguns itens abaixo para nossa avaliação:

1ª consideração:

Danças não fazem parte da adoração ordenada por Deus no Novo Testamento. Como muitas outras expressões físicas de louvor (sacrifícios de animais, incenso, bater palmas, instrumentos musicais), danças de louvor pertencem à Antiga e não à Nova Aliança.

2ª consideração:

A grande maioria das danças praticadas hoje tem um elemento sensual. A prática quase sempre envolve conduta, contato e pensamentos impróprios.

Veja o artigo: “Adoração com dança, pode isso Pastor?”

Seja pelo toque íntimo do casal ou pelo movimento que destaca a sensualidade do corpo, o efeito da maioria das danças é incitar pensamentos impuros.

Veja a orientação da Palavra de Deus no texto abaixo:

‘’Mortificai, pois, os vossos membros, que estão sobre a terra: a fornicação, a impureza, a afeição desordenada, a vil concupiscência, e a avareza, que é idolatria’’. Colossenses 3:5

A verdade, é que seu compromisso com Deus o mantém longe de danças e outras atividades que provocam desejos e pensamentos errados.

CONCLUSÃO

Como vimos, precisamos está em espírito de adoração e louvo diante do Senhor, mas tudo decência e ordem. É fato que levantemos as vossas mãos no santuário, e bendizei ao SENHOR, assim como adoremos e prostremo-nos; ajoelhemos diante do SENHOR que nos criou.

Deixo o texto da Palavra de Deus com a orientação do Apóstolo Paulo aos Romanos que diz o seguinte:

‘’Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional’’. Romanos 12.1

Se você gostou deste artigo, curta ou compartilhe no facebook, clique aqui embaixo e deixe seu comentário

Be the first to comment

Deixe um comentário...