Liturgia na dança e no louvor

Ensaio da coreografia
A dança na Igreja evangélica é preservada até hoje, portanto é só ir lá que veremos pessoas em algumas denominações dançando. 

Hoje muitas igrejas tem entendido a importância da dança, é tem dado uma atenção a este ministério. 
O ministério de dança trabalha juntamente com o ministério de louvor e sempre estarão de braços dados, por que os mesmos conduzem a adoração e carregam a glória do Senhor nos seus ombros!

Veja o que diz a Palavra de Deus:

‘’Louvai ao SENHOR. Louvai a Deus no seu santuário; louvai-o no firmamento do seu poder.

Louvai-o pelos seus atos poderosos; louvai-o conforme a excelência da sua grandeza.

Louvai-o com o som de trombeta; louvai-o com o saltério e a harpa.

Louvai-o com o tamborim e a dança, louvai-o com instrumentos de cordas e com órgãos.

Louvai-o com os címbalos sonoros; louvai-o com címbalos altissonantes.

Tudo quanto tem fôlego louve ao Senhor. Louvai ao Senhor’’. Salmos 150:1-6

Existe vários textos da Palavra de Deus que fala da dança como louvor, como por exemplo:

‘’Então Miriã, a profetisa, a irmã de Arão, tomou o tamboril na sua mão, e todas as mulheres saíram atrás dela com tamboris e com danças.

E Miriã lhes respondia: Cantai ao Senhor, porque gloriosamente triunfou; e lançou no mar o cavalo com o seu cavaleiro’’. Êxodo 15:20,21

‘’E Davi saltava com todas as suas forças diante do Senhor; e estava Davi cingido de um éfode de linho’’. 2 Samuel 6:14

Mas o Salmo 150 nos traz um paralelo da dança como liturgia para o louvor. Pena que algumas pessoas abusam dessa liturgia para confundi o evangelho.

 

LITURGIA NA DANÇA OU DANÇA LITÚRGICA, O QUE É ISSO?

Dança

Litúrgico ou dança quer dizer: Algo que as pessoas fazem juntas; na religião quer dizer pessoas que se juntam para expressar sua fé.

É por isso que eu gosto mais desse nome para as danças na igreja pois quando dançamos para louvar a Deus estamos juntos expressando nossa fé em Cristo.

Mas ao mesmo tempo que louvamos a Deus com dança, temos que tomar cuidado para saber se nossa dança está realmente louvando a Deus ou simplesmente satisfazendo os “coreógrafos da igreja”.

Veja o artigo: “10 erros que os jovens cometem na Igreja”

Pois se por um lado a dança litúrgica é uma expressão da fé junta, por outro lado dependendo de como essa dança foi coreografada, corre-se o perigo de estar louvando o coreógrafo.

O versículo 6 diz que ‘’TODO SER QUE RESPIRA LOUVE AO SENHOR’’. A respiração foi o primeiro presente que Deus nos deu como diz em Gênesis 2.7: “Então, formou o senhor Deus ao homem do pó da terra e lhe SOPROU nas narinas o FÔLEGO de vida, e o homem passou a ser alma vivente”.

É com base nessa respiração, um presente de Deus, que tento levar a dança na igreja. Ou seja, respeitando a respiração de cada pessoa que dança pela sua individualidade de ser único diante de Deus.

AS COREOGRAFIAS SÃO UMA FEBRE NA IGREJA 

DANÇA NA IGREJA

A dança na igreja vem dos tempos antigos. Os judeus por exemplo tinham uma prática muito profunda da dança ainda cultivada até hoje dentro dos grupos tradicionais.

A dança deles embora não fossem mencionadas eram usadas em quase todos serviços de adoração e de expressão comunitária. Nos Estados Unidos é muito comum se falar em Liturgical Dance (dança litúrgica)

A dança litúrgica não é para ser dançada como se o púlpito fosse um teatro mas sim como lugar santo. Nós já temos muitos teatros no mundo nós não precisamos de mais um na casa de Deus.

Veja o artigo: “5 erros que os jovens cometem na vida”

Temos que ter o cuidado, principalmente os coreógrafos, de não passar a dança para os participantes como passos mecânicos que só vão ser repetidos sem aproveitar o louvor do indivíduo para com Deus.

Não podemos trazer os passos conhecidos da dança moderna, jazz ou ballet para usar no púlpito e dizer que está louvando a Deus principalmente se o coreógrafo não for cristão.

Pois do contrário vamos ter mais um teatro e quando uma pessoa que nunca veio a igreja ver uma dança que ela ver na tv, ela não vai saber a diferença da dança da tv para a dança que louva a Deus. Dance para louvar a Deus sim, mas com uma verdadeira dança de louvor e adoração.

CONCLUSÃO

Servimos a Deus com espírito de adorador, e precisamos continuar neste ritmo. Não se preocupe com as setas de julgamentos, porque elas têm uma direção contrária ao que o evangelho ensina.

Mas pense bem nisso, Deus que uma adoração perfeita e agradável, caso a pessoa só queira oba oba, não agradará e nem chegará ao trono da graça de Deus.

Pense nisso e siga em frente!

Se você gostou deste artigo, curta ou compartilhe no facebook, clique aqui embaixo e deixe seu comentário

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário...

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.