Dúvidas sobre jugo desigual

Julgo desigual

Todo cristão, sendo jovem, adulto ou idoso, acostumado com as doutrinas pregadas na igreja há muito tempo conhece a ideia do jugo desigual.

O conselho do apóstolo Paulo sobre esse assunto nos diz que o mais aconselhável  é que cristãos não se envolvam em um relacionamento com não cristãos. 

Pois é difícil entrar em comunhão na questão da credulidade.

Contudo, nos dias de hoje, em que a sociedade coloca sua crença na famosa filosofia do “não tem nada a ver”, surgem diversas interpretações sobre o conselho dado por Paulo em sua segunda carta aos coríntios.

Porém, são nos tópicos mais fundamentais que estamos nos perdendo como cristãos. 

E devido a isso, elaboramos esse post com o objetivo de sanar as principais dúvidas que podem surgir a respeito do jugo desigual.

Afinal, como diz a Palavra em Provérbios 3:13: “Como é feliz o homem que acha a sabedoria, o homem que obtém o entendimento.”

Vamos então buscar conhecer mais de Sua Palavra para então cumprirmos melhor seus ensinamentos.

O QUE É O JUGO DESIGUAL?

jugo desigual

O apóstolo Paulo foi o homem que, após perseguir cristãos, teve um encontro sem igual com Jesus, por meio do qual se converteu e mudou seu nome de Saulo para Paulo.

A passagem bíblica que aborda a ideia do jugo desigual consta em 2ª Coríntios 6:14-18, e diz:

“Não vos ponhais em jugo desigual com os incrédulos; porquanto que sociedade pode haver entre a justiça e a iniquidade?

Ou que comunhão, da luz com as trevas? Que harmonia, entre Cristo e o Maligno?

Ou que união, do crente com o incrédulo? Que ligação há entre o santuário de Deus e os ídolos?

Porque nós somos santuário do Deus vivente, como ele próprio disse: Habitarei e andarei entre eles; serei o seu Deus, eles serão o meu povo.

Veja o artigo: “Namoro a distância será que dá certo?”

Por isso, retirai-vos do meio deles, separai-vos, diz o Senhor, não toqueis em coisas impuras; e eu vos receberei, serei vosso Pai, e vós sereis para mim filhos e filhas, diz o Senhor Todo-Poderoso.”

Primeiramente, é necessário entender que o jugo desigual se refere ao relacionamento matrimonial entre um cristão e não cristão.

Assim como o apóstolo Paulo argumenta, como poder haver comunhão entre a justiça e a iniquidade?

Ou de luz com as trevas? Por isso, é bom pensar bem em suas decisões antes de casar, pois você escolhe com quem irá se casar durante o namoro.

É mais fácil você se afastar da presença do Senhor do que outras opções ocorrerem, por isso Paulo dá esse conselho aos cristãos.

Agora, uma pergunta que não quer calar: o que é, de fato, um jugo? Bom, no sentido literal da palavra, jugo é um objeto de madeira, colocado sobre a cabeça dos bois para prendê-los a uma carroça.

O JUGO DESIGUAL E O CASAMENTO:

julgo desigual

A partir desse entendimento, acho que começamos a entender o que Paulo realmente quis dizer em sua carta. Através de um relacionamento, você se compromete com outra pessoa. 

Se você se une a alguém que está comprometido com o mundo, isso gerará um conflito e atribulação tão grande em sua vida que Paulo chega a sugerir que esse tipo de união não seja feita, tamanho tormento que será enfrentado!

Depois de feita, vocês se tornam uma só carne.

Para aqueles que ainda são mais jovens, é só pensar naquele amigo que não é cristão. Isso mesmo!

Aquele que você tenta convidar para ir à igreja há anos!

O mesmo para quem você tenta falar de Jesus sempre que pode, e ele não aceita.

Pois é… Agora multiplique essas tentativas e esforços por mil, todos os dias, durante toda sua vida, até que a morte os separe.

Imagine agora que você namore e case com alguém que tenha o mesmo pensamento sobre Jesus e sobre o cristianismo que seu amigo difícil.

Veja o artigo: “Qual o namoro abençoado?”

É muito complicado e desgastante manter uma relação assim, e por mais que muitos consigam mantê-la.

É por meio de muito sacrifício e renúncia que a maioria não está disposta a realizar.

Assim como o jugo no sentido figurado, nos tornamos submissos, sujeitos, a uma relação que deve tentar conseguir conciliar a personalidade cristã.

Com a compreensão e exemplo que devemos dar à outra parte do compromisso.

Não existe maior relação de submissão e sujeição do que o casamento, tanto do homem quanto da mulher, assim como a parte cristã e não cristã.

ESTOU SÓ NAMORANDO! O QUE ISSO TEM A VER COMIGO?

julgo desigual

Você pode estar pensando: Esta história de jugo desigual não tem nada a ver comigo! Estou só namorando ainda.

Preciso me preocupar com isso?

Bom, nós cristão cremos que, quando iniciamos um relacionamento, temos o propósito de casar com a pessoa com quem namoramos.

Se não, estamos seguindo apenas as vontades de nossa carne.

Portanto, se você namora alguém que não partilhe das mesmas crenças, certamente os problemas aparecerão não só quando casarem, mas já no namoro.

Existem aqueles que, por gostarem muito de alguém, iniciam um relacionamento acreditando que serão capazes de levar seu namorado (a) para a igreja.

Veja o artigo: “Conselhos para escolher o seu futuro cônjuges”

E após sua conversão, estarão em condições mais favoráveis para casar.

Porém, não é bom colocar suas esperanças diretamente nisso.

Mas vale pedir ao Senhor que lhe mostre qual a Sua vontade para nossas vidas.

Se for da vontade Dele, as montanhas se moverão e todas as barreiras serão resolvidas.

Então, ao invés de começar a namorar e tentar fazer com que seu/sua namorado (a) vá a igreja por sua insistência, ore pela pessoa que você ama, ainda que ela não seja cristão. 

Coloque seus anseios e sentimentos sobre Deus, e se for o melhor para sua vida e do agrado Dele.

CONCLUSÃO:

Portanto, chegamos ao fim de nosso post e esperamos que as dúvidas que geralmente recaem sobre a questão do jugo desigual tenham sido solucionadas.

Apesar de tudo, é sempre bom lembrar que a palavra dita por Paulo é um conselho, uma sugestão de um grande homem que separou sua vida para seguir a Cristo.

Pense nisso

Se você gostou deste artigo, curta ou compartilhe no facebook, clique aqui ou deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário...

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.