Cure-se deste desprezo

Desprezada

Há pessoas que tem um vazio de amor muito grande, e são mulheres que alcançaram êxito em distintas áreas de sua vida, e o desejo de nosso coração, é que cure-se deste desprezo.

Muitas dessas mulheres são cristãs, que amam ao Senhor, que já receberam a presença do Senhor, que aceitaram a Jesus Cristo em seu coração.

Porém necessitam ser amadas de uma forma extraordinária.

Ou seja, nunca é suficiente o amor que alguém possa lhe dar, são como barris vazios, na realidade sem fundo, porque tudo o que se dá nunca é suficiente.

O amor que lhes dão não as completa e nem as conforma porque existe um vazio de amor que somente pode ser preenchido quando começam a amar a si mesmas.

Porque Deus encheu sua vida, mas ainda na área emocional elas sentem esse vazio que não se deram a si mesma e que é necessário que cada mulher conceda.

Vejamos quais são as causas desta situação tão ruim:

CURE-SE DAS LEMBRANÇAS DO PASSADO

Cure-se

Cure-se quando as lembranças te atarem, e quando lembrar da relação que tinham com seu pai na infância, pois pensa como era seu pai.

Se era presente ou não, se o conheceu ou não, não importa, existe um pai, esteja ou não esteja presente, ou ainda se morreu, divorciou, se foi a outro lugar, não importa, mas você escutava a palavra pai de algum lado.

Em algum momento, um pai você teve, ainda que seja somente em sua mente. E então é essa relação insatisfatória com o pai, tornou uma imagem de si mesma corrompida.

O amor por você mesma foi danificado por essa relação entre pai e filha.

PAIS QUE MACHUCAM AS FILHAS

Mãe brigando

Agora te vou mostrar diferentes estilos de pais que ferem suas filhas porque nem todo pai ferem suas filhas, mas vou falar características que há em um pai que machuca suas filhas.

Primeiro: “ O Pai fraco”

É um pai que era um desocupado, que nunca trabalhava. É o pai alcoólico, jogador, que gastava todo seu dinheiro no jogo, ou ainda o pai mulherengo que todos conheciam no bairro porque se envolvia com todas as mulheres daquele lugar.

Veja o artigo: “Você é alguém importante para Deus”

Deixa a ferida da vergonha. Se envergonha e se envergonhou toda a infância e por toda a sua vida de ter um pai bêbado, jogador e que todo mundo falava pra sua mãe:

“ Seu marido fez tal coisa, seu marido me deve dinheiro, seu marido..” A ferida que ficou nessa mulher é a ferida da vergonha, ainda hoje essa vergonha se move com tudo o que tenha que fazer e enfrentar, talvez até com vergonha de si mesma.

Segundo: “ O pai que desvaloriza ou despreza o que significa ser mulher”

Há homens, há pais, que se dedicaram toda a vida a fazer entender a essa filha que ao invés dela desejaram um filho homem, pois o importante são os homens.

Ou ainda aqueles, que tratavam mal a sua esposa, e essa filha cresceu vivendo a desvalorização desse pai para com sua mãe.

Cure-se da ferida que é chamada de culpa ou rejeição, ou seja, essa mulher vai viver ao longo de sua vida se não for curada, sentindo-se rejeitado por outros homens.

Terceiro: “O pai imaturo”.

Esse é o pai eternamente jovem, é o que tem 50 ou 60 anos e acredita que ainda é um garoto de 20. Não quer amadurecer, é um homem que nunca consegue trabalho.

CONCLUSÃO

Existe uma solução para resolver esse problema, e tudo que precisa é buscar a orientação do Senhor, e pedi que lhe abra os olhos espirituais e feche a ferida aberta.

Pense nisso e siga em frente!

Se você gostou deste artigo, curta ou compartilhe no facebook, clique aqui embaixo e deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.