Como vencer a crise financeira?

Nos últimos anos, uma grave crise financeira tem afetado o Brasil. Apesar dela não ter chegado do nada, pegou a todos de surpresa.

Foi crescendo ao longo do tempo, até chegar a seu auge, nos dias de hoje. Vemos constantemente empresas, comércios e fábricas indo à falência.

Com isso, milhares de pessoas se encontram desempregadas, e começam a enfrentar o desafio de tantos brasileiros em torno de todo o país: como vencer a crise financeira?

Nesse artigo, procuraremos abordar pontos cristãos sobre a crise financeira, e aspectos bíblicos que ajudem a vencê-la.

Vamos tentar entender o porquê de toda a situação atual do país e, acima de tudo, como podemos sair dela. Acompanhe as informações que destacamos e não deixe de opinar no final!

POR QUE PASSAMOS POR UMA CRISE FINANCEIRA?

crise financeira

A crise financeira atravessada pelo Brasil nos últimos anos já é caracterizada por especialistas como uma das piores da história. Desde a famosa crise de 1929 não vivíamos uma calamidade econômica tão grande.

Naquela época, a queda das importações das safras de café do Brasil pelos EUA resultou em um encalhe e efeito dominó de falências de várias empresas no país.

Como resultado, milhares de desempregados tiveram que arranjar outros afazeres para superar a crise. Com o tempo, o país se reestruturou superou suas dificuldades.

Agora, com uma nova crise – causada pelo aumento da e dívidas contraídas a partir de gastos públicos imensuráveis – os brasileiros enfrentam, novamente, esse velho desafio…

1 – A COBIÇA DE MUITOS SE TORNA A RUÍNA DE TODOS:

Em 1 Timóteo 6:9-10, está escrito: “Ora, os que querem ficar ricos caem em tentação, e cilada, e em muitas concupiscências insensatas e perniciosas, as quais afogam os homens na ruína e perdição.

Porque o amor do dinheiro é raiz de todos os males; e alguns, nessa cobiça, se desviam da fé e a si mesmos se atormentam com muitas dores.” Crise financeira está presente.

Quantas vezes não ligamos os jornais e vimos notícias de corrupções, lavagem de dinheiro, obras superfaturadas e entre outras artimanhas feitas apenas para acumular mais e mais dinheiro?

Por isso, devemos tomar cuidado com as atitudes que tomamos e aonde vamos com as decisões tomadas. É bom lembrar que está escrito em provérbios 11:4: “As riquezas de nada aproveitam no dia da ira, mas a justiça livra da morte.”

2 – A MALDIÇÃO DO DINHEIRO DESONESTO: A crise financeira

Não é nenhuma grande novidade dizer que muito dinheiro, no país, foi adquirido desonestamente. O ganho desonesto, por mais que não pareça, traz uma maldição para a vida.

Assim como vemos em Provérbios 13:11: “Os bens que facilmente se ganham, esses diminuem, mas o que ajunta à força do trabalho terá aumento.”

Dessa forma, o dinheiro ganho desonestamente faz com que a sua riqueza diminua, enquanto aquele que junta suas economias à força de seu trabalho, vê suas riquezas crescendo.

Veja o artigo: ”Os perigos dos pequenos gastos”

Infelizmente, essa fonte desonesta não provem apenas dos mais ricos ou dos governantes, mas de todos os brasileiros que praticam pequenas ou mesmo grandes corrupções em seu dia-a-dia.

3 – NÃO SE PODE SERVIR A DOIS SENHORES:

A maioria dos cristãos está familiarizada com o versículo bíblico que consta em Mateus 6:22: “Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de aborrecer-se de um e amar ao outro, ou se devotará a um e desprezará ao outro.

Não podeis servir a Deus e às riquezas.”

Diante da situação de alta inflação e início da crise, muitos se desesperaram e começaram a se apegar demasiadamente às riquezas, o que nos trouxe à situação atual.

COMO VENCER A CRISE FINANCEIRA?

crise financeira

Ao entender os principais motivos que separamos sobre a crise financeira, é hora de analisarmos melhor como sair dessa situação, já que estamos imersos nela. Confira as informações que separamos e conte-nos o que achou delas!

A) – NÃO TENHA AMOR AO DINHEIRO:

O amor ao dinheiro leva à sua adoração, e, por isso, não deve ser estimulado. Em Hebreus 13:5 está escrito: “Seja a vossa vida sem avareza.

Veja também o artigo: ”Saiba como restaurar suas finanças”

Em outras palavras, é preciso que nos contentemos com aquilo que temos, vivendo sem avareza ou amor ao dinheiro, pois Deus sempre está conosco, e prometeu nunca nos abandonar. Isso tudo basta!

A partir disso, a ausência de grandes recursos não fará diferença em nossas vidas, já que a plena confiança em Deus nos conduzirá. Assim, a crise não terá mais poder sobre nós.

B) – SEJA GENEROSO E HONESTO:

Pode parecer estranho, mas como podemos ser generosos em tempos de crise? E mais: como ser generoso e honesto ajuda a superar a crise financeira? Vamos ver!

Em Salmos 112:5-6, vemos o seguinte: “Ditoso o homem que se compadece e empresta; ele defenderá a sua causa em juízo; não será jamais abalado; será tido em memória eterna.” Aquele que empresta com generosidade e conduz seus negócios de forma honesta, prosperará.

Então, ao prosperar, você conseguirá vencer a crise econômica, e ajudar outras pessoas a superarem esse momento difícil do país.

C) – TRABALHE COM DILIGÊNCIA:

A diligência é tida como o cuidado ou zelo que as pessoas empregam em algo. A palavra diz, em Provérbios 10:4-5 o seguinte:

“O que trabalha com mão remissa empobrece, mas a mão dos diligentes vem a enriquecer-se. O que ajunta no verão é filho sábio, mas o que dorme na sega é filho que envergonha.”

Veja o artigo: ”Estabelecer metas é o caminho certo”

Sendo assim, podemos ver o quanto o cuidado e zelo com nosso trabalho é importante para determinar a sua prosperidade. São pequenos valores cristãos que fazem a diferença na hora de sair da crise.

CONCLUSÃO:

Poderíamos continuar falando sobre diversas passagens bíblicas para explicar as causas da crise financeira, e tantas outras mais para ajudar a sair dela.

Contudo, separamos as principais informações que acreditamos ser mais compreensível e edificante para todos. Esperamos que o objetivo tenha sido atendido!

Por fim, deixamos a mensagem em Salmos 37:16-18: “Mais vale o pouco do justo que a abundância de muitos ímpios. Pois os braços dos ímpios serão quebrados, mas os justos, o Senhor os sustém.

O Senhor conhece os dias dos íntegros; a herança deles permanecerá para sempre.”

Portanto, não fique desesperado se a crise lhe afetou financeiramente. Melhor é ter pouco sendo justo do que muito sendo ímpio.

Pense nisso!

Se você gostou deste artigo, curta ou compartilhe no facebook, clique aqui ou deixe um comentário

Be the first to comment

Deixe um comentário...