Caçadores ou caçados?

caçados

A vida cristã é aperfeiçoada pelas inúmeras situações adversas à sua fé e os caçadores da fé, estão aí para tragar a sua felicidade e torna-lo infeliz.

Montes de sobre todos os outeiros, e até nas fendas das rochas. – Jeremias 16:16

Em Jeremias capítulo dezesseis, Deus falou através do profeta para o povo de Israel, prometendo que ele voltará novamente para sua terra, depois do seu exílio em países estrangeiros.

Porém, o Senhor explicou que este retorno à terra prometida aconteceria em duas fases.

Na primeira fase, Deus enviaria “muitos pescadores” para pescar os filhos de Israel, e levá-los de volta a sua pátria.

Porém, nem todos iriam responder aos pescadores, então, na segunda fase, o Senhor enviaria caçadores para obrigar o Seu povo a voltar a sua terra.

Vejamos alguns aspectos para nosso estudo:

DEUS NÃO DEIXA DE CUMPRIR O QUE PROMETEU

caçadores

Vamos ler este trecho, em Jeremias capítulo 16, versículos 14 a 16:

Portanto, vêm dias, diz o Senhor, em que nunca mais se dirá: Tão certo como vive o Senhor, que fez subir os filhos de Israel da terra do Egito, mas:

Tão certo como vive o Senhor, que fez subir os filhos de Israel da terra do Norte, e de todas as terras para onde os tinha lançado.

Pois eu os farei voltar à sua terra, que dei a seus pais. Mas agora mandarei muitos pescadores, diz o Senhor, os quais os pescarão.

Depois enviarei muitos caçadores, os quais os caçarão de sobre todos os montes, de sobre todos os outeiros, e até nas fendas das rochas.

Veja o artigo: “Tirando lições com recursos da natureza”

Com certeza, esta profecia teve seu cumprimento imediato quando o povo de Israel voltou à terra depois do exílio, Porém, eu creio que aqui nós vemos um princípio de Deus:

A velha ditada diz que chegamos a Deus “ou pelo amor, ou pela dor”, e, infelizmente, muitas vezes isso é a nossa realidade.

Que só começou a ser conhecido depois do terrível terremoto na cidade vizinha de San Francisco.

Frank Bartleman, que escreveu sobre o mover da Rua Azusa, citou Isaías 26:9 em referência a esse terremoto:

“Quando os teus juízos reinam na terra, os moradores do mundo aprendem retidão”.

OS CAÇADORES DO EVANGELHO ESTÃO A SOLTA

Perseguição a Igreja

O fato é que o Senhor Jesus está totalmente compromissado com a Sua Igreja.

Ele vai ter uma “igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível” .

Nós vamos entrar na terra prometida, e ser a Igreja que o Senhor Jesus projetou, e pela qual Ele se entregou.

E o caminho pelo qual entraremos nesta, a nossa herança, será, ou através dos pescadores, ou através dos caçadores.

Quais sãos os caçadores que o Senhor pode enviar para despertar e acordar o Seu povo?

Veja o artigo: “Cansado da obra de Deus?”

Durante décadas nós temos ouvido os “pescadores de homens” desta nação, aqueles que têm nos apresentado a verdadeira Palavra de Deus, a simplicidade e a pureza do Evangelho do Senhor Jesus.

Porém, ainda pergunto se realmente, como a Igreja, a Noiva do Senhor Jesus Cristo, nós estamos atualmente vivendo a plenitude de nossa herança como povo de Deus?

Esta promessa do avivamento não é nenhuma novidade.

Muitos de nós já temos ouvido profecias sobre o “avivamento vindouro” desde que éramos novos na fé. Mas, para podermos entrar na promessa, precisamos pagar o preço.

CONCLUSÃO

Ainda entraremos, como a Igreja, como o Corpo do Senhor Jesus, nesta herança, neste repouso que “resta ainda para o povo de Deus”.

Quando entraremos “no descanso de Deus” e “descansaremos de nossas próprias obras”. 

Somente assim veremos e faremos as obras do próprio Senhor Jesus, e “obras ainda maiores que estas”.

Os melhores dias da Igreja ainda estão por vir. Só resta a pergunta: ouviremos os pescadores, ou esperaremos pelos caçadores?

Pense nisso e siga em frente

Se você gostou deste artigo, curta ou compartilhe no facebook, clique aqui embaixo e deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário...

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.