As drogas e os jovens

droga

O cristão é pessoa que é dotada de liberdade, porque alcançou a salvação e a liberdade do cristão é incompatível com qualquer tipo de drogas, vez que o vício escraviza o homem. 

Um adolescente que diz não às drogas e sim à educação. Isso é um milagre! – filme ‘O Todo Poderoso’

Babilônia, a cidade formosa, a maravilha do mundo antigo, traiu Deus e morreu e contudo, enquanto Ele abre as cortinas no fim dos tempos, lá, em mistério, está essa grande cidade.

Ainda em combate mortal contra o povo de Deus, uma Babilônia viva com violência e poder, cheia de lascívia e ganância e assassinato e ódio. A Grande Babilônia, a inimiga de Cristo.

De acordo com as Escrituras, o poder da Babilônia é pharmakia, a palavra traduzida “feitiçarias” ou “bruxarias”, a coisa que dá a este principado o seu poder mundial.

É aquilo que o povo tem usado desde as primeiras raízes da rebelião como substituto para o poder, a sabedoria e a provisão do Deus Vivo.

É a palavra da qual derivam as palavras “farmácia” e “farmacêutica”. O que é a grande economia no tempo do fim do mundo? Esse que nós temos agora: O poder de Babilônia é as drogas.

Vejamos alguns aspectos para nosso estudo:

AS DROGAS REPRESENTAM UMA MAL A HUMANIDADE

Drogas

No Grego do Novo Testamento, a palavra PHARMAKIA também aparece em Gálatas 5:20 – entre ‘idolatria’ e ‘ódio’, e em Apocalipse 9:21, junto com assassinatos, imoralidade sexual e roubos.

OVines Expository Dictionary, uma referência padrão na língua inglêsa do Grego do Novo Testamento, define esta palavra como sendo “o uso de medicina, drogas, encantamentos”, depois “envenenamento” e depois “feitiçaria”.

No seu livro ‘Fire on the Horizon’ (Fogo no Horizonte) Winkie Pratney continua falando sobre o império das drogas lícitas, a indústria farmacêutica e seus efeitos no mundo.

Veja o artigo: “Qual a nossa posição sobre o aborto?”

Porém, não podemos esquecer também do narco-tráfico, hoje um negócio mundial que movimenta bilhões de dólares por ano:

Nesse momento, o bandido da favela é o de menos – o que importa são os grande negócios, envolvendo milhões de dólares anualmente.

Um estudo da ONU assegura que os números globais do tráfico estão entre 600 e 800 bilhões de doláres a cada ano. Em 1993 – e não faz tanto tempo assim – a contabilidade do mundo das drogas somava 360 bilhões de dólares. Dobrou em uma década.

Carlos Amorim – CV_PCC, A Irmandade do Crime

O relatório Brasil: Perfil do País 2005 do Escritório contra Drogas e Crime das Nações Unidas mostra um quadro sombrio para crianças e adolescentes brasileiros envolvidos no mundo das drogas:

As crianças que vivem nas ruas são constantemente aliciadas por gangues de traficantes de drogas. O Estatuto da Criança e do Adolescente do Brasil, de cunho protetor, prevê que crianças abaixo de 18 anos não podem ser presas, a menos que sejam pegas no ato de cometer um crime.

Assim, a impunidade das crianças faz delas “aviõezinhos” ideais para as gangues de traficantes. Infelizmente, essas crianças são freqüentemente mortas por saberem demais, roubarem demais ou se verem no meio de fogo cruzado.

TUDO ISSO VEM DA PROFICIÊNCIA DO INIMIGO

pregação libertação vicios

Podemos perguntar porque o narcotráfico se tornou tão grande ameaça contra os jovens, adolescentes e crianças que estão vivos hoje.

Por que nenhuma outra geração tem enfrentado um perigo tão real, tão insidioso, tão onipresente, como as drogas?

Eu creio que a resposta a esta pergunta está na origem do poder da PHARMAKIA – um espírito maligno que busca escravizar, viciar e matar.

Um espírito que resolveu manifestar-se poderosamente nestes tempos, contra esta geração. Uma geração escolhida por Deus e odiada pelo inimigo.

Veja o artigo: “A bebida é um tipo de droga? – Bebida é pecado de verdade?”

No livro CV_PCC de Carlos Amorim, há uma entrevista policial feita em 1991 com o Professor William da Silva Lima, um dos fundadores do Comando Vermelho:

Vou aos morros e vejo crianças com disposição fumando e vendendo baseado. Futuramente, elas serão três milhões de adolescentes que matarão vocês nas esquinas.

Já pensou o que serão três milhões de adolescentes e dez milhões de desempregados em armas?

O inimigo tem seus planos para levantar uma geração de soldados, que matariam e morreriam na guerra do pó.

CONCLUSÃO

A bíblia diz que o mundo já é do maligno, mas nossa esperança é que Deus está conosco não importa a situação.

Jovem, sobrevivente desta guerra, aliste-se já neste exército poderoso de Deus!

Pense nisso e siga em frente

Se você gostou deste artigo, curta ou compartilhe no facebook, clique aqui embaixo e deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.