Adoração é entregar-se a Deus

louvar a Deus
FreeImages.com

Temos vivenciado um tempo magnífico na presença de Deus e adoração também. Um cheiro de avivamento já se pode sentir. As pessoas estão buscando mais de Deus.

Adoradores têm se levantado por todas as partes, corações queimando pelo Senhor! Isso é apenas uma profecia se cumprindo aqui na nossa terra (Brasil).

Somos a geração escolhida por Deus para andar por esse imenso Brasil, levando adoração e despertando adoradores sinceros que “adorem ao Pai em espírito e em verdade, pois são esses que o Pai procura” (João 4.23-24).

E se ele os “procura” é porque são poucos; por isso, a adoração está ligada a render-se, a entrega de valores e interesses, adoração sem paradigmas, liberdade e intimidade na presença do Pai.

Vejamos alguns aspectos para o nosso estudo de hoje:

ADORAÇÃO DE UMA GERAÇÃO ELEITA

Adoração

Temos entendido o que realmente Deus pretende com nossas vidas, louvo a Deus por isso, pois ele tem levantado corações dispostos e almas sedentas por ele.

Eu quero ser esta geração mencionada em 1 Pedro 2.9: “geração eleita, nação santa e sacerdócio real”.

Eu quero isso para minha vida, e você? Se em seu coração queima este desejo de arrebatar o coração de Deus, busquemos por mais dele.

Temos nos conformado com a mesma medida da unção que Deus tem dado, mas de uma coisa tenho em meu coração, que é deixar de viver de migalhas.

Veja o artigo: “O que significa louvar a Deus?”

Li este exemplo no livro “Caçadores de Deus”. As pessoas têm ido até à igreja e não têm encontrado aquilo que vão buscar: o pão (Jesus).

E até quando isso ainda vai acontecer? Será que as pessoas têm se alimentado realmente do pão, que é Jesus, ou apenas têm passado momentos diferentes em sua vida diária?

Nossa adoração além de tocar o coração de Deus, deve trazer a glória do Senhor para conosco, para que possa haver “pão” em nossas casas, e mais ainda, pães robustos e não apenas migalhas.

Nosso render-se aos pés do Senhor, vai arrebatar sua presença. Deus não resiste ao ver seus filhinhos querendo algo, e assim poderemos tocar o avivamento tão esperado por nós povo de Deus.

CONCLUSÃO

Se este é também o seu anseio, ore comigo: “Pai, em nome de Jesus, peço a tua presença sobre mim. E declaro com os meus lábios que te quero, te quero. Perdoe se estou falhando em não viver rendido aos teus pés. Peço capacitação para chegar mais e mais perto de ti. Aviva-nos! Amém”.

Pense nisso e siga em frente!

Se você gostou deste artigo, curta ou compartilhe no facebook, clique embaixo e deixe um comentário

 

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.