10 maneiras de destruir um casamento

Brigados

Não é fácil a convivência dentro de um casamento, mas todos nós sabemos que ele foi estabelecido por Deus, e gostaria de enumerar as 10 maneiras de destruir um casamento.

Muitas pessoas procuram saber como fazer uma relação funcionar, enquanto que muitas outras procuram como destruir a relação de alguém.

São maneiras que muitos casais procuram fazer, para destruir seus relacionamentos e inventar muitas desculpas para o fracasso no casamento.

São dicas importantíssimas e que irão abrir nossas mentes para resolvermos os problemas conjugais e proporcionarão, vermos algumas áreas do nosso relacionamento, que estão comprometidos.

Vejamos a lista de problemas:

VEJAMOS AS 10 MANEIRA DE DESTRUIR UM CASAMENTO

destruir um casamento1. Solicitar e exigir o centro das atenções: Uma pessoa que só pensa em si mesmo está sendo governada pelo orgulho. Esse é o veneno que mata qualquer relacionamento.

2. Manipular, mandar e castigar: A manipulação através da repreensão, desprezo, críticas, acusações e regularizações destrói o vínculo conjugal.

Veja o artigo: “Porque os casais não se entendem?”

3. Negar intimidade: O cônjuge que deseja o poder muitas vezes irá criar e manter a distância do parceiro. O medo de perder o “controle” não permite intimidade.

4. Apenas receber: “O que eu ganho com isso? ”, é a pergunta na mente desse cônjuge. Algumas vezes o “recebedor” fará uso do charme, inteligência persuasão, desaprovação ou desprazer para conseguir o que quer dos outros.

5. Buscando o controle – o(a) controlador(a): Os que temem que a vida possa controlá-los, no geral viram a mesa a fim de certificar-se de que controlam os outros. 

A CONTINUIDADE DO ERRO PROVOCA DESILUSÕES

desilusão no casamento  

6. Apresentando uma imagem de retidão – o cônjuge fariseu: Infelizmente, muitos cônjuges pensam que sua bondade lhes trará realização, alegria, paz e felicidade na relação conjugal

O parceiro então desanima. Em razão de nunca ser suficientemente bom, o cônjuge abusado começa a assumir o papel de “mau” no relacionamento. Destruir um casamento torna-se fácil quando ambos não querem resolver a questão.

7. Mostrar-se superior: A prioridade aqui é ser melhor que os outros. Esta atitude, lamentavelmente, se reflete com mais frequência nos cristãos. Na realidade, o cônjuge “superior” muitas vezes se sente inadequado ou não se acha a altura do parceiro. 

Veja o artigo: “O que é um câncer para o casamento?”

O parceiro oprimido, em consequência, se fecha no que diz respeito a correr riscos e compartilhar no casamento, temendo que suas palavras sejam interpretadas de maneira diferente da pretendida.

8. Buscando vingança: Quando o cônjuge se sente desarmado e traído, sem esperança de vir a ser aceito, quase sempre busca vingar-se. O parceiro desanimado pode começar a ferir seu cônjuge verbalmente ou fisicamente, a fim de ficar quites. 

9. Esperando demais: Quando as coisas não vão bem no casamento, a ameaça de rejeição pode provocar desânimo no cônjuge vitimado. Esta tática de poder, espera continuamente que o parceiro seja “mais e mais” e faça “mais e mais” para manter feliz o dominador.

10. Reter afirmação e conhecimento: Quando deixamos de reconhecer o progresso e de apoiar a quem mais amamos, privamos o nosso parceiro da motivação que necessita para manter-se no caminho da excelência. 

CONCLUSÃO

Será que você convive com esses 10 problemas? Caso a resposta seja sim, ore ao Senhor para modificar o seu pensamento e reconstruir seu casamento.

Lembre-se- se  que Deus sempre está disposta a nos ajudar, principalmente nos momentos de tribulações

Pense nisso e siga em frente!

 Se você gostou deste artigo, compartilhe no facebook, clique aqui ou deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário...

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.